Em algum dia do passado...




REMORSO

Quando penso
na metade (inteira)
que deixei pra trás
rolando pelaa ribanceira
de meu caminhar...

Quando penso
na metade (inteira)
que não vivi
no grito escondido
que oprimi
no recado maroto
que não mandei...

Quando penso
na metede (inteira)
que deixei partir
na paixão ao vento
que não conquistei
no sorriso amigo
que não aceitei...

Quando penso
na metede (inteira)
que ficou
que refutei
que não quis
deixei partir
nos momentos
que escoaram
nas horas
que acabaram
por deixar saudade
e remorso
por não viver...

Ana Orsi

Nenhum comentário: